top of page
  • Foto do escritorArnaldo Paes de Andrade

Azure ou AWS: qual o melhor serviço em nuvem para o seu negócio?

Usar serviços na nuvem traz muitos ganhos ao negócio, principalmente de produtividade. Em diversos setores, é cada vez mais importante trabalhar com dinamismo e alinhamento com as necessidades dos clientes, algo que dificilmente uma infraestrutura de TI local pode proporcionar.

Quando se fala em serviços na nuvem, é quase impossível não vir à mente os nomes da Azure ou AWS. Ambas as soluções são conhecidas e conceituadas no mercado, ajudando os mais variados setores a aumentar continuamente sua produtividade e eficiência operacional. Para entender melhor as diferenças entre ambos e conhecer as vantagens de usar a AWS, continue a leitura do nosso artigo até o final!

Quais as diferenças entre Azure e AWS?

Neste tópico, vamos focar em quatro aspectos ao comparar Azure e AWS: processamento, armazenamento, localização e preço. Em relação ao primeiro, ambas são bastante robustas, principalmente em relação à escalabilidade. As máquinas virtuais da nuvem da Microsoft são gerenciadas por um serviço chamado Virtual Machine Scale Sets.

Basicamente, este recurso da Azure é responsável pela criação e gerenciamento de máquinas virtuais, visando o balanceamento de carga. Em outras palavras, sempre que a empresa precisar de um poder maior de processamento, isso pode ser obtido sem perda de qualidade na execução do serviço. Na prática, isso ocorrerá com o mínimo possível de latência.

Portanto, o Azure atende uma necessidade muito importante das empresas que é o dimensionamento dos seus serviços. Em certos momentos, será preciso expandi-los, e em outros deve-se contrai-los, algo que a solução da Microsoft executa com grande maestria.

Falando agora sobre armazenamento, a Amazon usa vários serviços, como o Simple Storage Service, o Elastic Block Storage e o Glacier. A Microsoft usa um serviço correlato chamado Azure Storage, sendo uma solução que se destaca em termos da versatilidade de bancos de dados gerenciados, em especial, pelo uso do:

  1. SQL Server;

  2. Oracle;

  3. DocumentDB.

O Storage da Azure possui duas funcionalidades que merecem destaque: o Blob Files e o Table. O primeiro é responsável por guardar os chamados dados não-estruturados, como tweets e imagens, que dificilmente são suportados em bancos de dados convencionais.

Outra característica importante do Blob Files é que tais dados podem ser acessados facilmente pelo navegador, por meio de requisições de HTTP e HTTPS. Já a Tables armazena os dados estruturados, que podem ser, por exemplo, as planilhas e os relatórios da empresa.

Falaremos agora sobre a localização. A AWS é bastante robusta nesse sentido, visto que ela possui 3 zonas de disponibilidade no Brasil, o que significa menos latência no processamento de requisições na nuvem. Por sua vez,o Azure possui uma zona de disponibilidade, que fica no estado de São Paulo.

Em relação ao preço, o principal fator a ser considerado é a necessidade do negócio. Quando falamos em nuvem, existe uma infinidade de serviços e possibilidades de customização, sendo que existirá casos em que um ou outro provedor é o mais indicado. Além disso, estamos lidando com um mercado bastante competitivo, em que as empresas buscam reduzir os custos de aquisição, mas sem negligenciar em quesitos cruciais como qualidade e segurança da informação.

Para ajudar as empresas a escolher, tanto a AWS quanto a Azure possuem calculadoras de preços. Vale destacar também que a localização do datacenter faz toda a diferença no quanto a empresa terá de pagar se quiser um serviço de nuvem robusto.

Vamos dar o seguinte exemplo: imagine que uma empresa x não dependa tanto de uma latência baixa. Logo, sai muito mais barato contratar uma solução cujo datacenter está em um lugar distante, como em outro país. Em contrapartida, se a latência é um elemento crítico do negócio, a empresa talvez tenha de desembolsar um valor muito maior, considerando um servidor mais próximo.

Quais as principais vantagens do Azure?

O Microsoft Azure foi desenvolvido, de fato, para resolver problemas estratégicos e cotidianos das empresas. Se o negócio deseja ser mais competitivo e capaz de transformar os seus dados em inteligência e conhecimento, é crucial considerar a sua contratação. Acompanhe, a seguir, as suas principais vantagens!

Pouca latência

Independentemente se a empresa tem ou não a latência como ponto crítico, o Azure atende muito bem nesse sentido. Quando parte da operação é terceirizada, espera-se um bom desempenho, de modo que a companhia faça as suas requisições diárias com fluidez, evitando atrasos que podem prejudicar a experiência dos seus clientes.

Escalabilidade

A escalabilidade ocorre mediante a capacidade de integração de uma solução na nuvem. Chegará um momento em que os atuais processos de negócio terão de se expandir, e se não houver uma infraestrutura mínima de TI, isso acabará não sendo possível. Além disso, a qualidade do serviço não será menor quando escalar, assegurando a eficiência operacional do negócio.

Análise de dados

Como já falamos aqui, o Azure possui duas funcionalidades em sua solução de armazenamento. O fato destas serem capazes de manter dados estruturados e não-estruturados possibilita à empresa trabalhar com análise. Em outras palavras, ela terá os meios de aproveitar boa parte dos seus dados, de modo a encontrar padrões e correlações entre eles.

Com isso, os gestores sempre terão informações precisas e atualizadas em tempo real. Hoje em dia, a empresa que analisa dados internos e externos tende a se posicionar melhor no mercado, estando em pé de igualdade ou até na frente dos concorrentes. Além disso, é possível identificar padrões de consumo, tornando os esforços de marketing e vendas, por exemplo, cada vez mais efetivos.

Por que a 4biit.com?

A 4biit.com é muito mais do que suporte de TI. Ajudamos empresas a atingirem a máxima performance dos seus processos, desenvolvendo soluções com foco em quatro frentes, que são o suporte ao usuário final, segurança de dados, escritório remoto e computação em nuvem.

A Azure e a AWS são serviços em nuvem bastante gabaritadas no mercado. Cada uma delas possui características próprias e soluções voltadas para processamento e armazenamento de dados. A proposta de ambas é sempre promover maior dinamismo e alinhamento da nuvem com as necessidades dos clientes, trazendo ganhos como eficiência operacional e escalabilidade.

Para conhecer melhor as soluções da 4biit.com, entre em contato agora mesmo com a nossa equipe de especialistas!

0 visualização0 comentário

Commenti


bottom of page