top of page
  • Foto do escritorArnaldo Paes de Andrade

Entenda o que é autenticação de dois fatores e veja como ela funciona!

Com tantas contas e arquivos importantes que guardamos em nossos dispositivos eletrônicos, é comum ficarmos sabendo de ataques hackers em roubos de dados e informações na internet. Isso se torna ainda mais preocupante quando você tem uma empresa ou marca. Por isso, é importante investir em mecanismos que ofereçam maior segurança para os seus dados, como a autenticação de dois fatores. 

Além disso, ela dificulta o acesso aos dados em seus dispositivos eletrônicos, garantindo que não ocorra nenhuma exclusão de arquivos importantes por acidente. Abaixo, explicaremos um pouco mais sobre como essa camada adicional de segurança funciona. Confira! 

O que é autenticação de dois fatores? 

Também chamada de verificação de duas etapas, a autenticação de dois fatores se trata de uma camada de segurança adicional, que tem como objetivo proteger os seus dados e informações contra invasões de cibercriminosos.

Por serem invadidas por hackers e golpistas de maneira frequente, as redes sociais e aplicativos de mensagens — como WhatsApp, Facebook e Instagram —, oferecem a opção para o usuário permitir a autenticação de dois fatores no próprio aplicativo. Normalmente, ela é verificada por meio de um código extra enviado ao seu celular por SMS ou e-mail. 

Quando se trata de uma conta bancária, a autenticação de dois fatores se torna obrigatória. Os bancos exigem que o cliente tenha essa autenticação para acessar a sua conta, visto que um acesso por uma pessoa com más intenções pode ocasionar prejuízos ao cliente e ao próprio banco. Grande parte das instituições utilizam tokens e reconhecimentos por biometria ou selfie.

Existem também aplicativos autenticadores que permitem que o usuário utilize os benefícios da autenticação de dois fatores até mesmo sem precisar estar conectado à internet. De forma geral, eles ativam essa segurança na sua conta desejada e você utiliza o aplicativo para concluir o processo.

Como funciona esse método de segurança? 

A autenticação de dois fatores exige que o usuário forneça duas formas de comprovação para iniciar a sessão na conta desejada. A primeira etapa é uma senha que foi escolhida anteriormente, a segunda etapa dependerá de qual serviço o usuário está utilizando, podendo ser por SMS, e-mail e até mesmo por reconhecimento por biometria, voz ou face. 

Com essa autenticação, somente você acessará sua conta ou aplicativo em um dispositivo de confiança. Quando você inicia uma nova sessão em sua conta ou aplicativo por um dispositivo pela primeira vez, é necessário fornecer o código de verificação fornecido conforme a autenticação de dois fatores. 

Por que é importante utilizar essa camada adicional de segurança? 

Infelizmente, utilizar apenas uma única senha para acessar sua conta não é o suficiente para que não aconteça invasões e roubo de dados. A autenticação de dois fatores fornece ao usuário uma camada extra de segurança, dificultando o ataque de hackers aos seus dispositivos e contas. 

Se você possui uma empresa, essa segurança vai muito além do uso individual. A autenticação de dois fatores também fornece às organizações uma forma de proteger ainda mais seus sistemas e contas online que possuem dados confidenciais. 

O roubo de dados de cartões de créditos é um exemplo de ação desses crimes cibernéticos. Com a popularização de compras em lojas online, nossos dados ficam vulneráveis e situações como essas acontecem frequentemente. 

Essa segurança adicional não protege somente de pessoas com más intenções — como os hackers —, mas também de acidentes que podem acontecer com qualquer pessoa, como exemplo, uma exclusão de um arquivo importante guardado na nuvem por um familiar ou criança que tem acesso ao seu celular.

Quais os principais tipos de autenticação de dois fatores? 

Existem diversas formas de autenticação de dois fatores que, quando combinadas com o seu usuário e sua senha, permitem que você inicie a sessão em sua conta. Entre as mais usadas estão: 

  1. uma resposta ou código que somente você saiba, como um código PIN, senha ou resposta para pergunta secreta; 

  2. um objeto físico, como um token USB, um celular, chaveiro ou cartão; 

  3. algo que faça parte do que você é, como sua biometria, voz, face, retina etc. 

Quais os benefícios da autenticação de dois fatores? 

Sem dúvidas, o principal benefício da autenticação de dois fatores é a segurança dos seus dados. Hoje em dia, toda nossa vida está guardada dentro de contas online ou celular, tornando indispensável pensar na segurança desses dados. 

Em resumo, os principais benefícios em usar a autenticação de dois fatores são: 

  1. segurança extra: garante que apenas usuários credenciados possam acessar os dados e informações confidencias; 

  2. fácil de usar: seja diretamente por um aplicativo ou adquirindo softwares de token, a autenticação é fácil e simples de ser verificada; 

  3. previne suas contas contra invasões: mesmo que alguém saiba a sua senha, não conseguirá acesso as suas contas caso você não permita;  

  4. pode ser usada em diferentes plataformas: bancos, redes sociais, sites de compras, e-mails, contas de armazenamento em nuvem, gerenciadores de senhas, entre outros. 

Quais são os cuidados recomendados? 

A proteção contra hackers deve ser algo que envolva todos os setores da sua empresa. Por isso, é importante instruir os seus colaboradores para melhores práticas de segurança, como escolher sempre senhas fortes e nunca compartilhar com terceiros. 

Um outro ponto importante a reforçar é pensar na usabilidade da autenticação de dois fatores escolhida. Analise bem suas ferramentas e foque naquela que seja a mais indicada para a sua organização. 

Por exemplo, se o colaborador tiver pouco acesso a dados confidenciais importantes, não é necessário dificultar com autenticações de dois fatores complicadas. Já para gestores e pessoas em cargos de confiança, a camada adicional de segurança deve ser priorizada. 

Existem empresas especializadas em Tecnologia da Informação (TI) que podem ajudar você e sua empresa a implementar todo esse processo de segurança. Eles vão analisar e focar naquela mais indicada para a sua organização, além de incluírem outras formas de segurança. 

Com todas essas informações, podemos concluir que a autenticação de dois fatores é uma ótima maneira de aumentar a segurança dos seus dados e informações confidenciais, dificultando o ataque e invasões de hackers nos sistemas. 

Esse artigo foi útil para você? Aproveite e leia também: 5 dicas para aumentar a segurança no acesso à Internet no mundo corporativo. 

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page