top of page
  • Foto do escritorArnaldo Paes de Andrade

Entenda o que é VPN, como funciona e quais são os tipos existentes

Nos últimos, as empresas tiveram que aderir ao home office. Nesse sentido, foi preciso implementar meios de permitir aos colaboradores acessar dados do negócio de forma segura e remota.

A VPN (Virtual Private Network) passou a ser usada em larga escala, visto que ela é conhecida por assegurar a privacidade e segurança dos seus usuários na hora de navegar na rede.

Talvez esse termo ainda seja novo para você. Pensando nisso, neste post, vamos explicar melhor o que é VPN e como ela funciona. Além disso, você conhecerá as vantagens de usá-la e os seus tipos, de modo a facilitar a escolha da configuração que melhor atenda às necessidades do seu negócio. Continue a leitura e confira!

O que é VPN?

Uma VPN é uma rede virtual privada, responsável, entre outras coisas, por prover acesso remoto aos seus usuários. Na prática, ela opera aproveitando a rede convencional de Internet, de modo que as pessoas possam usar o Wi-Fi em uma parada de ônibus, por exemplo, e não ter as suas informações interceptadas.

De forma invisível ao usuário, uma VPN funciona da seguinte forma: em vez de o ISP (o seu provedor de Internet) enviar sua requisição até o servidor de um site, por exemplo, é a VPN quem passa a solicitação a esse servidor.

Em outras palavras, a rede privada faz isso por meio de um “túnel”, que possui criptografia robusta a ponto de evitar que os dados de navegação desse usuário sejam interceptados — inclusive pelo próprio ISP.

Tunelamento

Entendendo o tunelamento, compreende-se praticamente toda a operação de uma VPN. De forma simples, podemos dizer que esse mecanismo permite um fluxo de dados seguro entre os dispositivos do usuário (computadores e aparelhos móveis) e o servidor de destino.

Quando se usa um Wi-Fi público, por exemplo, toda a navegação pode ser acessada por terceiros. No entanto, o processo de tunelamento criptografa todas essas informações, mantendo privado e seguro o uso da Internet — mesmo em lugares abertos.

Quais são os benefícios de uma VPN?

Pelo que vimos até agora, é fato que usar uma VPN é algo bastante recomendado em lugares onde a conexão de Internet não costuma ser das mais seguras.

Tanto pessoas quanto empresas podem se beneficiar bastante dessa tecnologia, visto que ninguém deseja ter suas informações de navegação — e até mesmo dados pessoais — expostos indevidamente.

Assim, a seguir, confira os principais benefícios de uma VPN.

Criptografia

Na prática, a criptografia torna o trabalho dos criminosos muito mais difícil. Uma vez que as VPNs usam esse mecanismo, é preciso um poder computacional muito alto para quebrar os algoritmos de criptografia usados e acessar as mensagens que são transmitidas por meio do túnel entre duas redes de Internet — a convencional e a VPN.

Acesso remoto

Acesso remoto significa mobilidade, e isso tem tudo a ver com produtividade e colaboração. Nesse sentido, a VPN propicia que os profissionais não precisem tanto de um escritório para exercer suas atividades na empresa, bastando estarem em um local com conexão à rede e devidamente logado em uma VPN.

Segurança

Falando agora de empresas, o advento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) redobrou o cuidado dos donos e gestores de negócios. Isso porque a legislação prevê sanções e punições em caso de vazamento de dados de clientes, exigindo, entre outras coisas, a adoção de uma política de segurança.

Uma VPN, como falamos, permite que o trabalho home office seja seguro. Além disso, ela é uma excelente aliada para a empresa conseguir se manter em conformidade com a LGPD, dando maior segurança ao tráfego de dados — inclusive aqueles que são considerados mais críticos pela companhia.

Quais são os tipos de VPN?

Basicamente, os tipos de VPN consideram o uso individual e corporativo. Para entender melhor essa diferenciação, confira os próximos tópicos!

Client

Uma VPN do tipo Client funciona da seguinte forma: a pessoa que deseja navegar com mais segurança conecta seus dispositivos à rede virtual privada, de modo que o seu endereço IP e os dados de localização fiquem ocultos, tanto pelo ISP quanto por terceiros.

Dessa forma, somente a VPN sabe os sites que essa pessoa navegou — e ainda assim, não fará a divulgação desse histórico a nenhum ente externo.

Além disso, a VPN Client é a que costuma ser usada no home office. Ao contrário do tipo Gateway, basta a empresa prover um acesso seguro à Internet por meio do login dos colaboradores e uma VPN.

Dessa forma, é possível acessar os sistemas e arquivos da empresa, sem se preocupar com a interceptação das informações por parte de terceiros.

Gateway

A VPN do tipo Gateway vai um pouco além da primeira. Com ela, é possível conectar várias redes, inclusive com a criação de uma intranet para a empresa trafegar seus dados com segurança entre as suas filiais, por exemplo. Vale destacar que esse tipo de rede virtual privada pode contar ainda com firewalls e roteadores de rede.

Na prática, a ideia é fornecer um nível de segurança ainda mais elevado, por meio de um túnel específico chamado IPSec. De uma maneira simples, essa forma de tunelamento conecta duas redes por meio de seus roteadores.

Além disso, a tecnologia IPSec é capaz de suportar, além da criptografia:

  1. autenticação da origem dos dados;

  2. autenticação de nível de rede;

  3. integridade de dados.

Por que é importante se conectar com segurança em uma VPN?

Apesar de ser uma opção vantajosa, a escolha errada de uma VPN pode acarretar consequências desastrosas. Além do risco de exposição dos dados do negócio, é possível que a rede virtual privada opere de maneira lenta, causando menor produtividade dos colaboradores remotos, por exemplo.

Isso acontece porque os algoritmos de criptografia devem, na medida do possível, não afetar o tempo de carregamento das páginas web e aplicações em geral.

Além disso, hackers estão sempre à espreita, explorando vulnerabilidades em redes e dispositivos conectados — daí a importância de escolher uma empresa séria na hora de contratar uma VPN para o negócio.

Ficou claro o que é VPN? Ao longo do texto, vimos que essa rede virtual privada ajuda pessoas e empresas a se conectarem à Internet com mais segurança. Além disso, é preciso entender qual tipo atende melhor às necessidades do seu negócio, se a Client (usada no home office) ou a Gateway, que pode ser aplicada, entre outras coisas, na criação de uma intranet na empresa.

Na 4biit.com, temos uma equipe preparada e com experiência na utilização da melhor e mais leve solução de VPN do mercado através da nossa parceria com a GoTo, o Hamachi, que você pode conferir neste post especial que fizemos explicando suas funcionalidades.

Gostou deste conteúdo sobre VPN? Aproveite a visita em nosso blog e deixe o seu comentário!

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page