top of page
  • Foto do escritorArnaldo Paes de Andrade

O que é trabalho híbrido e por que tem crescido cada vez mais?

Com a pandemia diminuindo, começamos a ver mudanças que vieram com esse momento emergencial começando a permanecer nos ambientes organizacionais. Afinal, muitas alterações que já vinham começando a surgir passam a mostrar-se altamente eficientes e todas as mudanças trazidas pelo período emergencial começam a ser avaliadas como positivas ou negativas.

Uma das que avançaram significativamente é a adoção do trabalho híbrido. Ele tem se tornado uma forte tendência para os negócios nas mais diferentes áreas e, assim, é fundamental conhecer mais sobre este modelo. Saiba mais a seguir.

O que é o trabalho híbrido?

O trabalho híbrido é o modelo de trabalho no qual une-se a possibilidade do trabalho remoto com o presencial, misturando esses dois modelos. Contudo, o formato híbrido pode ser montado de acordo com as características que sua empresa precisa. Assim, cada empresa terá uma forma diferente de lidar com esse modelo.

O trabalho híbrido é o mesmo que trabalho remoto?

Não. No trabalho remoto os profissionais trabalham 100% remoto e, portanto, não comparecem ao local de trabalho. Muitas vezes, inclusive, não há sequer um escritório físico mais, de forma que os profissionais sempre atuam de forma distanciada, resolvendo todas as pendências online.

Já no modelo híbrido pode-se estabelecer dias ou momentos específicos nos quais os times compareçam ao espaço físico. Ou, ainda, pode-se revezar os times que trabalham in loco. Ou, ainda, reservar um momento específico periodicamente (por exemplo, reuniões presenciais semestrais) para este fim.

O trabalho híbrido é o que vivenciamos na pandemia?

Muitas pessoas têm uma visão ruim do trabalho híbrido devido ao que vivenciaram na pandemia, principalmente nos primeiros períodos. Contudo, o que tivemos foi, inicialmente, um regime emergencial, no qual tivemos que realizar algumas alterações as pressas e, portanto, não foi um modelo devidamente planejado.

É claro que, posteriormente, o modelo pode ser contornado e, assim, alinhar-se melhor com o trabalho híbrido. Mas, a rigor, há toda uma preparação, incluindo mudanças culturais, para que seja possível a adoção do trabalho híbrido.

Por que o trabalho híbrido tem crescido tanto como tendência?

O trabalho híbrido mostrou que a flexibilidade pode ser a solução, principalmente, para cenários emergenciais. Ainda que essa modalidade em si não tenha sido implementada do jeito adequado, foi a possibilidade de termos atividades presenciais e remotas que permitiu o afastamento social durante a pandemia.

Outro ponto é que esse modelo evidenciou para os funcionários que é possível sim ter produtividade e conforto no trabalho remoto. Segundo pesquisa do Gartner, 78% dos funcionários querem poder trabalhar remotamente pelo menos algumas vezes por semana depois de terem vivenciado essa experiência durante o período de afastamento social.

E, portanto, a consultora, uma das maiores autoridades na área de tecnologia, aponta que o pós-pandemia será marcado por uma “revolução híbrida” nas formas de trabalho, principalmente, porque 82% dos líderes também concordam que assim funciona melhor.

Por isso, podemos esperar que esse será o modelo mais utilizado no pós-pandemia, sendo a maior parte das contratações futuras nas mais diferentes áreas. Isso vale para diversos setores, não só para tecnologia.

Quais os benefícios do trabalho híbrido?

Além do que falamos anteriormente, não é apenas uma demanda do mercado trazida pela Covid-19 que proporcionou o aumento na adoção do trabalho híbrido. Pois é, ele é altamente vantajoso para as organizações. Saiba mais sobre a seguir.

Maior flexibilidade

Seu profissional tem algum tipo de compromisso durante o período da manhã e não poderá realizar uma atividade no horário comercial? Ok, ele pode repor esse horário em outro momento que for mais confortável. Simples.

Muitas pessoas têm horários em que rendem mais e que não correspondem, necessariamente, ao horário comercial. Além disso, essa liberdade permite que as pessoas possam adequar suas rotinas para o que for mais conveniente.

Isso gera uma maior satisfação do colaborador e, consequentemente, ele realiza suas atividades com maior produtividade no dia a dia. Além, é claro, de outras questões, como atração e retenção de talentos.

Atração e retenção de talentos

Um ponto importante é poder atrair, com o trabalho híbrido, profissionais que tenham trazido esse como critério fundamental para escolhas de vagas na carreira. Algumas áreas que têm déficit de colaboradores para atender a demanda de mercado (inclusive, entre elas, a de tecnologia) precisam conseguir disputar espaço com outras empresas para contratação de determinados talentos e isso significa, também, oferecer melhores condições de trabalho.

Com o trabalho híbrido, assim, é possível sair a frente de outros players da sua área e ter os melhores ao seu lado. Mas não para por aí.

Com a possibilidade de boa parte da atuação ser feita em teletrabalho, você pode contratar especialistas, inclusive, presentes em outros países. Quando for preciso o trabalho presencial (que pode ocorrer esporadicamente), a empresa pode investir na passagem para levar o profissional para a empresa.

Diminuição de atrasos

Empresas que estão localizadas em metrópoles e, até mesmo, em locais de médio porte atualmente, sofrem muito com o atraso de profissionais no dia a dia. A mobilidade urbana é uma questão que cada vez mais demanda mais atenção da gestão pública e que será um grande desafio para os próximos anos. Congestionamentos, transporte público defasado, entre outros pontos, comprometem consideravelmente a capacidade de que os profissionais possam manter-se dentro dos horários.

Muitas vezes isso atrapalha rotinas nas quais é preciso que os times estejam alinhados e comecem juntos (por exemplo, quando é preciso uma reunião antes de começar a ordem do dia). Com o trabalho híbrido é possível reduzir a necessidade de deslocamento e, assim, garantir que todos estejam alinhados no horário necessário.

Descentralização hierárquica

O trabalho híbrido tem uma característica peculiar, que é a possibilidade de uma descentralização hierárquica, oferecendo maior autonomia no dia a dia. Assim, o profissional pode tomar decisões sem precisar, necessariamente passar pelo crivo da liderança, tornando o escritório mais inteligente.

É claro que determinadas demandas precisam passar pelos gestores, pois podem impactar consideravelmente toda a cadeia produtiva. Contudo, questões mais genéricas no dia a dia podem ser descentralizadas e, assim, acelerar os processos produtivos na empresa. Muito bom, não é mesmo?

E para que o trabalho híbrido seja adotado de forma eficiente é fundamental ter as ferramentas certas ao seu lado, entre elas, um gerenciador de times. E uma das formas é com o uso do Microsoft 365.

Quer conhecer mais sobre ele e como ele pode ser adotado? Conheça a 4biit e veja como podemos ajudá-lo a tirar todas as suas dúvidas sobre essa questão.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page